Desde o mês passado Troye Sivan está liberando as letras do seu novo álbum “Bloom” em seu aplicativo oficial, seguindo a ordem da tracklist. Hoje foi vez da quinta faixa do álbum, “Postcard“, parceria com a cantora australiana Gordi ser revelada.

Em entrevista para a I-D, Troye Sivan falou sobre a canção:

Uma vez eu escrevi um cartão postal de Tóquio para meu namorado. Ele é a pessoa mais distraída do mundo e eu o amo por isso! Ele não pegou na porta de casa então teve que ir na agência de correio. Quatro ou cinco dias se passaram e ele finalmente foi pegar, mas naquele ponto a agência já tinha perdido o cartão. Eu achei chato. Foi um dos primeiros momentos em que você percebe que seu parceiro não é perfeito.

Confira abaixo a letra e a tradução que fizemos (clique para expandir):

Letra

I sent you a postcard from Tokyo baby
You never picked it up
I even wrote it in Japanese, baby
You didn’t give a fuck

Coz I don’t sleep like your body’s on me
I won’t feel right until we can be
Underneath everything that’s between
Yeah
I’m undone about to burst at my seams
Coz I am picturing you beside me
So let me be everything that you need
Yeah

But you’re still picking me up
Don’t put me back down like it’s nothing to ya
You’re still picking me up
Don’t you put me back down
Don’t you put me back down
Like it’s nothing to ya
Like it’s nothing to ya

I remember that night when you first called me crazy
Only you picked it up
Kissed me and said “I love you, baby”
You didn’t give a fuck

Now I don’t sleep unless your body’s on me
I won’t feel right until we can be
Underneath everything that’s between
Yeah
I’m undone about to burst at my seams
Coz I am picturing you beside me
So let me be everything that you need
Yeah

But you’re still picking me up
Don’t put me back down like it’s nothing to ya
You’re still picking me up
Don’t you put me back down
Don’t you put me back down
Like it’s nothing to ya
Like it’s nothing to ya

Take your time
Pull me in
Push me out
Simplify all the whispers you doubt
Coz I know what you’re thinking about

Tradução

Eu te enviei um cartão postal de Tóquio, amor
Você nunca foi pegar
Eu ainda o escrevi em japonês, amor
Você não deu a mínima

Porque eu não durmo igual quando seu corpo está em mim
Não me sentirei bem até conseguirmos ficar
Por baixo de tudo que está no meio
Sim
Estou arruinado, prestes a me desmoronar
Porque estou imaginando você ao meu lado
Então deixe-me ser tudo o que você precisa
Sim

Mas você ainda vai me pegar
Não me largue de novo como se isso não fosse nada para você
Você ainda vai me pegar
Não me largue de novo
Não me largue de novo
Como se isso não fosse nada para você
Como se isso não fosse nada para você

Eu me lembro daquela noite
quando você me chamou de louco pela primeira vez
Só você notou isso
Me beijou e disse “Eu te amo, amor”
Você não deu a mínima

Agora eu não durmo enquanto seu corpo não estiver em mim
Não me sentirei bem até conseguirmos ficar
Por baixo de tudo que está no meio
Sim
Estou arruinado, prestes a me desmoronar
Porque estou imaginando você ao meu lado
Então deixe-me ser tudo o que você precisa
Sim

Mas você ainda vai me pegar
Não me largue de novo como se isso não fosse nada para você
Você ainda vai me pegar
Não me largue de novo
Não me largue de novo
Como se isso não fosse nada para você
Como se isso não fosse nada para você

Não tenha pressa
Me puxe para perto
Me empurre para longe
Simplifique todos os sussurros que você duvida
Porque eu sei no que você está pensando

Lembrando que “Bloom” sai dia 31 de agosto, e você pode fazer a pré-encomenda digital ou pré-salvar no Spotify clicando aqui.