Troye Sivan concede entrevista ao iHeartRadio; confira a tradução!

Após visitar uma série de rádios em Nova Iorque nas últimas semanas, Troye Sivan concedeu ao iHeartRadio uma entrevista falando sobre sua apresentação no Saturday Night Live, o single “My My My!” e seu novo álbum de estúdio. Confira a tradução:

Parabéns por esse grande fim de semana! Fora o problema no teclado, o Saturday Night Live foi tudo que você esperou?
Muito obrigado. Sim, foi ainda mais. Eu acho que esperei que o tempo voasse mas fiquei agradavelmente surpreso com quão presente eu me senti enquanto me apresentava. Eu realmente senti que estava lá e dei tudo de mim. Foi uma das maiores noites da minha vida. Eu estava apenas preocupado em aproveitar totalmente. Era a única coisa em minha mente. Eu preciso aproveitar isso, então, eu o fiz.

SNL completou uma semana repleta de eventos. Você lançou “The Good Side”. “My My My” teve seu impacto nas rádios no dia seguinte. Agora que chegou o ciclo de lançamentos para esse álbum, como ele se compara ao Blue Neighbourhood?
Eu me sinto muito menos estressado dessa vez. Eu acho que fazer tudo isso pela primeira vez é muito, muito esmagador, e agora que não é minha primeira vez, eu acho que sei o que esperar. Eu me sinto muito mais no controle, eu sei o que está rolando e isso alivia muito minha mente, então eu estou tendo um ótimo momento.

Eu também sinto que, como nós já tínhamos o videoclipe pronto há algum tempo e as fotos também, nós fizemos um bom trabalho em termos de pré-produção, deixando tudo pronto. Agora é a parte divertida, apenas assistir tudo saindo e receber o feedback.

“My My My!” é grande. É libertadora. É divertida. Quando você estava passando por todas as músicas que selecionou para esse álbum, o que fez você escolher essa em particular para liderar o projeto?
Eu acho que “My My My!”, mais do que qualquer outra, eu amo a produção dessa música. Eu amo a letra, mas tem uma energia que eu não consigo explicar. Apenas me faz querer dançar. Eu acho ela muito boa. Imediatamente, eu consegui imaginar o videoclipe. Eu consegui imaginar as performances ao vivo. Veio tudo de uma vez, assim que escrevi a canção. Apenas parecia certa desde o dia que a escrevi. É ótimo ter recebido respostas tão positivas disso.

Leland ecoou esse sentimento. Ele disse que vocês tomaram café. Vocês tomaram sopa. Foram para o estúdio e a música simplesmente surgiu. Ele também disse que te ajuda a crescer como um compositor e vice-versa. Quando o assunto é criar suas próprias letras, você tem alguma técnica pessoal que usa?
De vez em quando eu dou uma olhada em livro de poesia ou algo do tipo, ou qualquer livro, sério, e em vez de apenas ler, eu procuro por palavras e então uma palavra faz uma ideia surgir, o que faz uma música inteira surgir. Isso se eu chegar no estúdio sem ter certeza do que quero dizer naquele dia, e isso ajudar a manter os fluxos de criatividade fluindo.  Eu quase sempre acabo escrevendo a música que acho que era para ser escrita naquele dia, mas não sabia exatamente como começa-la. Eu sempre faço isso. Sempre acaba indo para onde meu coração está. Às vezes, só preciso de um segundo para chegar lá.

O álbum ainda está nesse processo?
Sim. Eu já tenho todas as músicas para o álbum, mas ainda estou fazendo pequenos ajustes e mudanças, e principalmente coisas de produção, ajeitando a mixagem, essas coisas.

Além de Leland, você também trabalhou com a equipe de Max Martin, e considerando o que Max significa para o pop, quais eram suas expectativas ao ir com eles?
Eu estava esperando que ao chegar no estúdio deles, eles iriam ter uma fórmula em que eles apenas fazem as coisas e eu saio de lá como um pop star do nada. E não é assim. Eu acho que o segredo, se eu puder revela-lo, é que eles são todos incrivelmente gentis e trabalhadores, e incrivelmente talentosos. E isso é irritante, porque eu acho que as pessoas gostam de pensar que eles sabem tudo. Com todo respeito, eles sabem. Mas, não há nenhum truque de mágica que te dê uma música pop. Eles são escritores muito inspiradores de se trabalhar e eu acho que extraem o melhor de muitas pessoas.

Você também se referiu a Ariel Rechtshaid como um mentor de ideias durante todo o processo do álbum. O que você aprendeu com ele?
Eu acho que a primeira coisa que aprendi dele foi que eu não era louco. Eu tinha uma playlist que fiz e era cheia de músicas de referências, músicas das quais eu tinha gostado de um som especifico de bateria ou talvez a melodia. Havia algo em cada uma que eu gostava. Mas era uma playlist bem eclética, e quando eu me sentei com ele e falei disso, ele foi a primeira pessoa a dizer: “eu entendo isso e acho que vai ser muito bom.” Isso foi muito confortante. Fez-me sentir que estava no caminho certo.

Você lembra de alguma música da playlist?
Sim, tinha This Mortal Coil. Também tinha The Smiths e Lorde. O que mais tinha lá? Acho que tinha uma música de Zara Larsson. Foram todos os tipos de coisas diferentes.

Além de seu próprio álbum, você também tem uma faixa chamada “Strawberries and Cigarettes” na trilha sonora de “Love, Simon” e que foi produzida por Jack Antonoff. Você pode me contar um pouco sobre essa música?
Ainda não falei sobre isso, porque houve muita coisa acontecendo com SNL e agora você me lembrou que eu preciso anunciá-lo publicamente. Mas sim, eu tenho uma música nesse filme. Eu trabalhei com Jack no Blue Neighbourhood. Nós provavelmente escrevemos “Strawberries e Cigarettes” para o primeiro álbum e foi apenas uma canção esquecida que não chegou a ser incluída.

Eu realmente não sei o motivo, já que eu gostei da música e nós simplesmente deixamos pra lá e depois eu recebi uma mensagem dele um dia de forma aleatória. Eu tinha ouvido sobre “Love, Simon” e estava realmente entusiasmado com isso e ele falou: “Ei, eu estou fazendo a trilha para este filme. Você tem algum interesse em reviver “Strawberries and Cigarettes”? Eu estava tão afim. Eu escrevi com Alex Hope, Jack, e então, voltei a falar com Alex, regravamos os vocais, porque minha voz mudou desde então e foram feitos pequenos ajustes. Mas a música ainda é praticamente a mesma e ainda é especial para mim, então estou animado por ela estar lá.

Você levou algum tempo para viver a vida desde o final de 2016 até você começar a trabalhar no projeto. O que você aprendeu com esse tempo?
Eu não sei se é um relacionamento estranho com o trabalho, ou se eu sou o normal e todos os outros são loucos, mas para mim a coisa número um é qualidade de vida e por isso estou apenas realmente tentando me certificar de que eu tenha isso. Tenho tanta sorte de fazer todas essas coisas, que seria louco, penso eu, não ter tempo para parar por pequenos períodos e realmente aproveitar. Seja passando um dia extra em uma cidade para que eu possa visitar e conhecer a cidade e assim poder dizer que eu andei por aí e conheci o lugar, e não que só entrei e saí, ou seja voltar para Austrália para ver minha família por um segundo. Essas são todas as coisas que eu percebi que são realmente, realmente importantes para mim e coisas que espero continuar fazendo nos próximos meses, uma vez que as coisas ficam, com esperança, progressivamente mais loucas.

Confira novas informações sobre “Strawberries & Cigarettes”, música de Troye Sivan para “Com amor, Simon”

Com amor, Simon (Love, Simon) é um novo filme de drama com temática gay, baseado no livro “Simon vs. A agenda homo sapiens“, e que conta com a participação de Troye Sivan em sua trilha sonora com a inédita Strawberries & Cigarretes; como já havíamos noticiado.

Há poucas semanas, o filme começou a ser exibido em algumas sessões especiais, e em uma delas Troye Sivan participou. Posteriormente, o cantor comentou em seu Twitter:

Finalmente assisti Love, Simon ontem à noite e amei, amei, amei. Se eu tivesse assistido o filme quando tinha 12 anos, eu profundamente acredito que ele teria mudado a forma da minha vida. Ou ao menos teria feito me sentir mais tranquilo.
É um clássico adolescente maravilhoso feito com muito coração e eu tenho muito orgulho de ter uma música na trilha sonora que co-escrevi com Jack Antonoff e Alex Hope. Vá assistir quando for lançado.

Para aumentar ainda mais nossa expectativa, uma pessoa que também participou de uma sessão do filme comentou alguns detalhes sobre “Strawberries & Cigarettes”:

A música toca quando Simon revela sua sexualidade para Abby. Ela é parecida com The Good Side, é bem lenta e suave, perfeita para a cena. Ele [Troye] está quase irreconhecível no começo porque ele canta tão lento e depois a voz dele fica profunda. A música corta depois do refrão, para então Simon se assumir.

O lançamento do álbum da trilha sonora deve ser lançada em 16 de março, junto com a estreia do filme nos cinemas Americanos. Já no Brasil, o lançamento é esperado para o dia 22 do mesmo mês. Assista ao trailer legendado:

 

 

Em Nova York, Troye Sivan visita diversas rádios

Os últimos dias foram recheados de compromissos para Troye Sivan, que desembarcou em Nova York na semana retrasada e desde então deu entrevistas e compareceu a alguns eventos das rádios locais. Confira os principais destaques:

No domingo (21), Troye Sivan passou pelo estúdio da rádio 97.1 AMP, em uma breve entrevista ele reafirmou o que já havia dito sobre seu novo álbum em outras entrevistas. Segundo ele, suas músicas serão mais descontraídas e divertidas, com alguns poucos momentos mais “baixos”. Em resumo, será totalmente pessoal, refletindo o que ele viveu nos últimos dois anos.

No dia seguinte (22), Troye Sivan compareceu ao evento realizado pela rádio 95.5 PLJ, o HMH Stage 17, que contou com a presença de fãs.

Durante a entrevista, Troye Sivan contou que “My My My!” iria ser lançada um pouco mais para frente, mesmo já tendo tanto a música quanto o clipe prontos há algum tempo, só que ao receber o convite para se apresentar no SNL ele e sua equipe tiveram que dar uma acelerada na agenda de lançamentos. Agora que isso passou, ele pode ter mais calma para terminar o álbum, em seus últimos detalhes.
Após a entrevista, Troye performou “The Good Side” e “My My My!” em versão acústica, assista aqui.

No mesmo dia, Troye Sivan também participou do BLI’s Acoustic Cafe, evento realizado pela rádio 106,1 BLI onde alguns fãs foram selecionados para assistirem. Lá, Troye Sivan respondeu perguntas feitas pelo Twitter, além de cantar as versões acústicas de “My My My!“, “The Good Side” e “Youth“. No final do evento, os fãs puderam tirar fotos com o cantor. Você pode conferir as fotos oficiais do evento aqui.

Troye Sivan também passou pela sede do iHeartRadio e da Genius, onde cedeu entrevistas (em breve traduzidas), e da Music Choice, onde gravou materiais que ainda serão divulgados.

Troye Sivan fala sobre a “polêmica das flores” em entrevista

Na semana passada, as redes sociais foram bombardeadas por uma polêmica envolvendo Troye Sivan. Imagens do cantor possivelmente jogando no lixo flores recebidas de uma fã, em Nova York, circularam junto de fortes críticas ao ocorrido.

Com intuito de tentar amenizar o tumulto e evitar julgamentos precipitados, nós postamos uma nota sobre o acontecimento naquele dia, pedindo aos fãs que aguardassem um esclarecimento.

Nesta quinta-feira (1), foi divulgado um trecho da entrevista que Troye concedeu à rádio neozelandesa The Edge, onde ele explica exatamente o que aconteceu no caso das flores. Assista:

A entrevista completa será divulgada semana que vem pela rádio.

 

Troye Sivan apresenta “My My My!” no programa The Ellen DeGeneres Show

Dando continuidade a divulgação de “My My My!“, primeiro single do novo álbum de estúdio de Troye Sivan, o cantor esteve no programa The Ellen DeGeneres Show para apresentar a canção. Como de costume, a performance foi divulgada antes da exibição do programa, que irá ao ar na noite de hoje (31) e contará ainda com uma entrevista.

Assista:

1 2 3 4 5 39

Bem-vindos ao Troye Sivan Brasil, a maior fonte de noticias sobre o cantor australiano. Criado em 2014, com a esperança de que o menino com cabelo cacheado se tornasse a grande estrela que é hoje. Nosso objetivo é manter os fãs brasileiros informados e conectados entre si. Aqui você encontra notícias, fotos, entrevistas traduzidas, vídeos legendados e uma rádio cheia de amor. E claro, surpresinhas de vez em quando. Pode entrar. Sinta-se em sua vizinhança.

Rádio Contato Sobre o site The Blue Store Discografia Biografia Agenda