Na tarde desta sexta-feira (14), Troye Sivan usou a plataforma Reddit para fazer um Q&A com os fãs. As perguntas respondidas falam sobre a turnê nova, novas músicas e muito mais. Confira a tradução dos principais tópicos:

Como você lida com as críticas de que você “esqueceu suas origens” apenas porque não possui tempo para publicar vídeos de vez em quando?
É muito triste! Eu entendo de onde essas críticas vêm. E digo que, para mim, sinceridade e conteúdo são essenciais – eu posso e apenas vou fazer coisas que sejam completamente genuínas para mim no momento. Eu sentiria que estaria mentindo se fizesse os mesmos vídeos do YouTube que fazia em 2014. Eu sempre tratarei meu público com respeito, e amo pensar que vocês me acompanharão e eu gosto do que faço por um bom tempo. Se não gostar – ao menos posso dizer que fiz coisas em que eu acreditei.

Por que o remix de Ease (feito por Vallis Alps) demorou tanto pra sair?
Eu realmente não tenho ideia do porquê ter demorado tanto. Eu tive que pedir permissão para várias pessoas para poder liberar, mas ninguém estava me dando uma resposta, então eu acabei jogando na rede. É mais fácil pedir desculpa do que permissão, algumas vezes, eu acho.

Você planeja voltar para o YouTube de forma regular? Seria legal se você mostrasse coisas durante a Suburbia Tour.
Não tenho certeza sobre publicar vídeo de forma regular ou coisa assim, mas para mim o YouTube é um lugar de liberdade criativa, eu não acho que irei abandonar totalmente. Eu estou lá há mais de 10 anos agora e meu canal tem meus vídeos de eu fazendo covers quando tinha 12 anos, até esquetes quando tinha 17 e ainda mais centrado em conteúdos musicais quando eu assinei meu contrato. Então mesmo que eu não publique um vlog todo final de semana novamente, tenho certeza que continuarei colocando alguma coisa lá para sempre.

Em uma entrevista você disse que “diversão é beijar garotos e beijar garotas de vez em quando.” Você se importaria de falar mais sobre isso? (Já que tenho muita certeza de que você é gay)
Obrigado pela pergunta. Eu sou totalmente gay – precisei de muito tempo para conseguir entender isso, mas eu acho que posso dizer isso agora com confiança. Mal posso expressar o quanto sou grato de ter meus limites quebrados no processo de entender isso – desafiar a mim mesmo e minha sexualidade me levou a ser muito aberto a todas experiências. Algumas delas incluem ficar um pouco (talvez muito) embriagado em baladas e coisas assim, e caso aconteça qualquer coisa com a pessoa mais próxima de mim (independentemente do gênero), vai acontecer. Novamente, eu acho que por eu estar no ‘espectro LGBTQ’, abriu minha mente para todas essas experiências, e eu honestamente desejo essa abertura para todo mundo. Permita-se se divertir com outras pessoas e descobrir as coisas. A vida é divertida!

Você vai tocar algo novo nessa turnê?
Eu vou… tocar músicas que nunca toquei ao vivo antes. Isso é tudo que vou dizer.

Se você pudesse falar com o seu eu mais novo, o que você falaria?
Cara. Fica de boa. Tudo vai dar certo. Você é gay, e isso é demais! Um dia, você vai cantar no mesmo palco que a Celine Dion (eu sei que você gosta dela). Família em 1º lugar. E também, tudo que você sempre quis vai acontecer muito em breve. Siga em frente!

Você está trabalhando em música nova?
Aiiiiinda não! Eu estou prestes a entrar em turnê, e depois vou pegar alguns meses pra relaxar, pensar, viver e tomar cafés da manhã antes de começar a escrever seriamente. E no mesmo tempo, eu tenho certeza que vou ficar super ansioso e vou querer terminar logo com isso. Eu tenho muitas ideias e estou muito inspirado no momento. Realmente mal posso esperar.

Você acha que escreverá um livro algum dia?
Eu amaria! Livros infantis são um sonho para mim.

Por que você conta até 15 na música Heaven? É porque você tinha 15 anos quando saiu do armário, ou…?
Duas razões, na verdade – Heaven é sobre minha experiência de me assumir. Eu costumava contar muito quando era mais novo para relaxar quando ficava ansioso, então eu fiz isso bastante quando estava saindo do armário, tanto para mim mesmo como para os outros. Isso também é uma pequena referência de eu ter 15 anos quando me assumi.

Como é a sua comida de conforto?
Macarrão com queijo (Mac n’ Cheese), sempre. Ou um hambúrguer do serviço de quarto do hotel.