Em entrevista para o jornal australiano “The Sydney Morning Herald“, Troye Sivan falou pela primeira vez sobre sua experiência com assédio sexual pela internet quando era mais novo. Sua revelação entra no movimento #MeToo (Eu Também) que recentemente tem exposto diversos casos de abuso e assédio sexual dentro de Hollywood.

Confira abaixo a tradução:

O caminho para a fama também levou Sivan a entrar em contato com o ponto baixo e escuro de Hollywood que foi exposto pelo movimento #MeToo.
Até agora, ele não havia falado publicamente sobre sua própria experiência com exploração sexual. Mas como uma criança fazendo vídeos para o YouTube, Sivan diz que era alvo de homens para sexo online. Um homem se identificou como um empresário da indústria musical.

“Eu era tão ingênuo com tudo e com a indústria,” Sivan diz. “Eu não tinha ideia de como checar se alguém era de verdade ou não. Ele prometeu o mundo para mim e depois quando ficamos mais próximos ele ficou completamente, inapropriadamente, sabe, começou… Tudo mudou de repente. Foi super estranho.”

Sivan diz que o homem se aproveitou dele pelo Skype, uma plataforma de conversa por vídeo. Eventualmente ele contou aos seus pais e cessou o contato – até um dia quando, incrivelmente, ele se deparou com o homem nas ruas de Los Angeles. Ele diz que pessoas prestaram queixas contra o homem e ouviu relatos similares.

Na entrevista, Troye Sivan também comentou sobre como muitas pessoas o indagaram sobre a faixa “Bloom”, que apenas relata uma experiência de sexo anal.

Em 2018, o casamento igualitário pode ser legal e músicos LGBTs podem estar mais visíveis, mas na cultura mainstream ainda há uma fascinação com a vida gay e o sexo gay, como se fossem de alguma forma peculiar.

“Nós temos que continuar fazendo isso até chegarmos em um ponto onde realmente podemos sentir que isso não é um problema e que podemos cantar sobre todas as mesmas coisas que o resto canta,” diz Sivan.

“As pessoas escrevem músicas bem obscenas. Tipo, mais obscenas do que qualquer música que já escrevi. E eu só quero poder fazer música como qualquer um. Eu acho que é isso que estou tentando fazer agora.”

Em The Good Side, uma carta para um ex-namorado, Troye Sivan canta: “Tenho certeza que nos encontraremos na primavera e colocaremos todo o papo em dia”.

Isso realmente aconteceu? “Não”, diz Sivan. Mas depois: “Talvez isso ainda aconteça. Talvez eu o veja em uma festa ou algo assim.”

Confira as fotos da matéria em alta resolução aqui.